Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2020 > Março > 9ª Região Fiscal > Receita Federal apreende 20 mil compridos de ecstasy no Aeroporto Afonso Pena em Curitiba
conteúdo

Notícias

Receita Federal apreende 20 mil compridos de ecstasy no Aeroporto Afonso Pena em Curitiba

Paraná

Apreensão aconteceu por ocasião do trabalho de repressão aduaneira em voos domésticos.

Na noite do dia 5 de março, a equipe de vigilância e repressão da Receita Federal no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em Curitiba, apreendeu aproximadamente 20 mil compridos de ecstasy, em uma bagagem despachada em voo doméstico.

O voo tinha como destino o Aeroporto Internacional de Guarulhos/SP, onde o passageiro faria conexão para Recife. A bagagem suspeita foi selecionada após verificação não invasiva, por meio do uso de scanner. Diante da suspeita, a equipe contou também com o auxílio do cão de faro da Receita Federal.

O passageiro, de 33 anos, foi abordado na sala de embarque enquanto esperava o voo e convidado a acompanhar a abertura da mala despachada. Diante do que foi encontrado, ele foi preso em flagrante delito. Os 20 mil comprimidos de ecstasy equivalem a 5,22 quilos.

Veja a repercussão na mídia local:

G1 ParanáBom dia Paraná RPC TVCBN CuritibaParaná PortalBanda BRIC Mais