Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2020 > Agosto > 9ª Região Fiscal > Receita Federal em Foz do Iguaçu reteve mais de R$ 2,7 milhões em mercadorias contidas em remessas postais irregulares, em 2020
conteúdo

Notícias

Receita Federal em Foz do Iguaçu reteve mais de R$ 2,7 milhões em mercadorias contidas em remessas postais irregulares, em 2020

Paraná

Foram realizadas 23 operações em centros de remessas postais, na região de Foz do Iguaçu

As operações, que foram realizadas nos centros de remessas postais localizados em Foz do Iguaçu, Medianeira, Matelândia, Umuarama, São Miguel do Iguaçu e Cascavel, esta com o apoio da Receita Federal em Cascavel, resultaram na retenção de 4.637 encomendas/volumes que totalizaram R$ 2.784.341,94.

O mês de março foi o que mais apresentou uma quantidade expressiva de valores retidos, com um total de R$ 1.312.145,83, seguido de maio com R$ 461.719,00 e fevereiro com R$ 322.339,52.

As retenções foram motivadas pela não comprovação da importação regular pelos remetentes das mercadorias, seja por falta da nota fiscal ou outro documento para comprovar sua regularidade.

Todos os volumes foram levados para a sede da Alfândega da Receita Federal em Foz do Iguaçu para verificação minuciosa tanto do conteúdo quanto da documentação referente à postagem. A grande maioria das encomendas acaba sendo apreendida definitivamente após a comprovação inequívoca de ilícito. Apenas uma pequena parte está de acordo com a legislação e acaba sendo liberada para seguir o fluxo normal de entrega dos centros de remessas postais.