Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2020 > Agosto > 10ª Região Fiscal > Aduana da Alfândega da Receita Federal no Chuí/RS apreende 220 mil em drogas
conteúdo

Notícias

Aduana da Alfândega da Receita Federal no Chuí/RS apreende 220 mil em drogas

Rio Grande do Sul

Pacotes de skunk estavam escondidos na lataria de um carro, que teve que ser desmontado pelas equipes na fronteira.

Na tarde do dia 8, sábado, a Receita Federal, a Polícia Federal e o Exército Brasileiro realizaram uma ação conjunta de combate ao tráfico de drogas na fronteira do Brasil com o Uruguai.

Na aduana localizada em Chuí/RS, foi abordado com veículo Renault Logan com placas de São Paulo que regressava do Uruguai. O carro foi selecionado a partir do trabalho de inteligência da Receita Federal. Nele foram encontrados 4,396 quilos de Skunk distribuídos em 33 pacotes. O entorpecente estava oculto no interior da lataria do carro e foi encontrado após os agentes terem desmontado o veículo.

Skunk é a denominação dada a variedades da cannabis dotadas de maior concentração de substância psicoativas. Trata-se de plantas produzidas mediante cruzamento de várias espécies do mesmo gênero e cultivadas em ambiente controlado para terem uma quantidade maior de THC.

Cada grama desta substância alcança o valor de R$ 70 nos mercados consumidores do centro do país. A carga apreendida foi avaliada em um total de R$ 220 mil. Os três ocupantes do carro foram presos em fragrante por tráfico internacional de drogas.