Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2019 > Junho > 9ª Região Fiscal > Receita Federal realiza apreensões que somam 718 quilos de maconha na região oeste do Paraná

Notícias

Receita Federal realiza apreensões que somam 718 quilos de maconha na região oeste do Paraná

Paraná

Ações aconteceram no dia 6 de junho em Guaíra e em Foz do Iguaçu. As drogas foram encontradas em caminhão abordado na Operação Muralha e em ônibus de turismo que havia sido retido no início de maio.
por publicado: 13/06/2019 11h13 última modificação: 21/06/2019 11h06

A primeira apreensão aconteceu durante fiscalização no âmbito da Operação Muralha, em Guaíra/PR, quando as equipes da Receita Federal, da Polícia Rodoviária Federal, do Exército e do BPFron realizaram a retenção de grande quantidade de maconha em fundo falso dentro de um caminhão baú.

A ação ocorreu na manhã de quinta-feira (6), por volta das 6h30, quando um caminhão foi abordado pelas equipes na ponte Ayrton Senna, no lado Guaíra. Durante a vistoria, foi verificado que o baú estava vazio porém havia uma diferença entre a profundidade do assoalho com a altura do sobressalto do entre-eixo, onde foram encontrados 463 kg de substância análoga à maconha.Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao motorista que foi conduzido à Polícia Civil de Guaíra, juntamente com a substância e o veículo, para os procedimentos legais cabíveis.

A segunda ocorrência também se deu na manhã desta quinta-feira (6), durante a deslacração de um ônibus que havia sido retido no dia 7 de maio. Durante a vistoria minuciosa do veículo na deslacração, a equipe de retaguarda da Alfândega da Receita Federal em Foz do Iguaçu/PR encontrou bagagens com substância análoga à maconha. A retenção do veículo, ocorrida no início de maio, foi resultado de uma operação conjunta da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal, em Santa Terezinha de Itaipu/PR.

Naquela ocasião, durante a ação, os policiais encontraram grande quantidade de mercadorias que caracterizavam destinação comercial. Como a competência para realizar a apreensão de mercadorias é da Receita Federal, os policiais encaminharam o veículo para ser fiscalizado, deslacrado e valorado na ALF/Foz do Iguaçu.

A deslacração foi então agendada para o dia 6 de junho, um mês após a ação por causa do grande volume de trabalho na Alfândega. Ao descarregar as mercadorias do bagageiro, as equipes encontraram 255 quilos de maconha nas bagagens de uma única passageira. O ônibus com placas de Foz do Iguaçu teria como destino a cidade de São Paulo/SP.

A Receita Federal entregou a droga para a Polícia Federal para os procedimentos legais. As demais mercadorias que estavam no bagageiro, em sua maioria eletrônicos, vestuário e brinquedos, foram apreendidas e somam aproximadamente R$ 100 mil.