Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2019 > Dezembro > 9ª Região Fiscal > Cinco ônibus e um veículo são retidos na Operação Muralha no oeste do Paraná

Notícias

Cinco ônibus e um veículo são retidos na Operação Muralha no oeste do Paraná

Paraná

Valor total estimado das mercadorias ultrapassa R$ 1 milhão.
por publicado: 11/12/2019 09h04 última modificação: 11/12/2019 09h04

Na quarta-feira (4), no âmbito da Operação Muralha, cinco ônibus foram retidos e encaminhados para a Alfândega da Receita Federal em Foz do Iguaçu/PR, por transportarem mercadorias que caracterizam indício de destinação comercial. Estas retenções são resultado da integração dos órgãos de segurança atuantes na Operação. Foram realizadas várias ações durante o dia e a noite e os ônibus foram retidos em diversos momentos ao longo das ações. Entre os coletivos um foi apreendido por ter dois fundos falsos carregados com mercadorias. Ninguém foi preso. Estima-se que as mercadorias alcancem a cifra de R$ 1 milhão.

Já na quinta-feira (5), por volta das 21h, um veículo foi abordado na barreira de fiscalização montada próximo ao pedágio em São Miguel do Iguaçu/PR, com duas mulheres e três menores. As duas mulheres demonstraram muito nervosismo, o que chamou a atenção dos agentes. Durante verificação foram encontrados no painel do veículo 30 celulares, avaliados em R$ 20 mil. O painel teve que ser parcialmente removido para descobrir-se o ilícito e conseguir retirar as mercadorias. Os menores e as mulheres foram encaminhados para o Conselho Tutelar. O veículo e os celulares foram retidos e encaminhados para a sede da ALF/Foz do Iguaçu.

A Receita Federal disponibiliza um telefone de contato para denúncias, de forma anônima, por meio do número (45) 9 9152-2036.

A Operação Muralha é coordenada pela Receita Federal, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Exército, Marinha, Aeronáutica, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Departamento de Estradas e Rodagem (DER), Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Polícia Militar do Paraná, Polícia Civil e Departamento de Inteligência do Estado do Paraná – DIEP), Justiça Estadual, Ministério Público Estadual da Comarca de São Miguel do Iguaçu e Receita Estadual do Paraná.

A Operação Muralha acontece de forma integrada à Operação Hórus, que já está em andamento, e à Operação Muro Alto, também deflagrada sob coordenação da Receita Federal no Mato Grosso do Sul. A Operação Muralha conta, ainda, com o apoio de escâneres, de equipes com cães farejadores e do helicóptero da Receita Federal.