Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2019 > Dezembro > 9ª Região Fiscal > Apreensões de maconha e haxixe na Operação Muralha

Notícias

Apreensões de maconha e haxixe na Operação Muralha

Paraná

Ações aconteceram em Guaíra e em São Miguel do Iguaçu, no oeste do Paraná.
por publicado: 11/12/2019 08h46 última modificação: 11/12/2019 08h46

Ações realizadas na tarde de domingo (1/12) e na manhã de segunda-feira (2/12), no âmbito da Operação Muralha, resultaram em apreensões de um total de 50 quilos de maconha e 1 quilo de haxixe.

A primeira ação aconteceu no domingo, por volta da  14h, quando foram apreendidos 20 quilos de maconha, encontrados na bagagem de uma passageira durante fiscalização na barreira fixa instalada próximo ao pedágio em São Miguel do Iguaçu/PR. A droga estava no bagageiro de um ônibus de linha que fazia Foz do Iguaçu/PR – São Miguel do Iguaçu, porém a passageira informou que buscou a droga no Paraguai e a levaria até São Paulo. A passageira foi presa em flagrante delito e conduzida, juntamente com a droga,  para a Polícia Federal em Foz do Iguaçu para as providências cabíveis.

A segunda ação, por volta das 17h, aconteceu em Guaíra/PR, quando foram apreendidos cerca de 30 quilos de maconha. A droga foi encontrada na bagagem de um menor, passageiro de um ônibus de linha. O menor foi apreendido e conduzido, juntamente com a droga, pelo Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) para os procedimentos policiais.

Por fim, na manhã de segunda-feira, por volta das 7h, também na barreira fixa da Operação Muralha em São Miguel do Iguaçu, durante fiscalização de um ônibus que fazia a linha Foz do Iguaçu – Curitiba foi encontrado 1 quilo de haxixe. A droga estava abandonada no fundo do ônibus. Não foi possível identificar o proprietário.

A Receita Federal disponibiliza um telefone de contato para denúncias, de forma anônima, por meio do número (45) 9 9152-2036.

A Operação Muralha acontece de forma integrada à Operação Hórus, que já está em andamento, e à Operação Muro Alto, também deflagrada sob coordenação da Receita Federal no Mato Grosso do Sul. Estão envolvidos com as atividades 500 servidores, considerando todas as instituições participantes. A Operação Muralha conta, ainda, com o apoio de escâneres, de equipes com cães farejadores e do helicóptero da Receita Federal.