Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2017 > Julho > 8ª Região Fiscal > Cocaína em sola de sapato e metanfetamina em garrafa são apreendidas no aeroporto de Guarulhos

Notícias

Cocaína em sola de sapato e metanfetamina em garrafa são apreendidas no aeroporto de Guarulhos

São Paulo

Grandes retenções de cartões de memória e de hand spinners também marcaram o final de semana na Alfândega da Receita Federal em Guarulhos.
por publicado: 19/07/2017 13h21 última modificação: 19/07/2017 13h21

O último final de semana foi agitado no aeroporto internacional de São Paulo, com apreensões de drogas e retenções de mercadorias.

Na madrugada do dia 15, a Receita Federal fiscalizou as bagagens de um voo que iria para o Marrocos. Os cães de faro do Órgão acusaram vestígios de entorpecentes em duas bagagens.

As bagagens pertenciam a dois africanos, que foram abordados pela fiscalização e tiveram que abrir suas malas. Lá dentro havia cocaína escondida em vários sapatos, entre a sola e a palmilha. No total, os dois viajantes levavam 4,33 quilos da droga. Eles foram presos e encaminhados para a Polícia Federal.

Ainda no sábado, dia 15, a equipe fiscalizou um voo que vinha de Dubai e detectou um viajante suspeito na lista de passageiros desse voo. Após o desembarque, os servidores seguiram o viajante e, durante a fiscalização, puderam comprovar que ele trazia em sua mala e em suas roupas 345 caixas com 100 cartões de memória cada uma. A mercadoria ficou retida na Alfândega.

Já no domingo, houve outra apreensão de droga. A equipe de bagagem acompanhada selecionou para fiscalização uma brasileira, de 36 anos, que vinha da Espanha. As imagens de raio-x demonstraram que sua mala possuía produtos orgânicos. Ao abri-la, foram descobertos 4 quilos de metanfetamina escondida num fundo falso de sua bagagem, além de 3 litros de metanfetamina adulterada - diluída em líquido - escondida em três garrafas. A droga apreendida foi valorada, no total, em R$ 800 mil e a passageira foi presa.

Para encerrar o final de semana agitado na Alfândega de Guarulhos, também no domingo, dia 16, a equipe de vigilância aduaneira fez duas importantes retenções: uma carga vinda de Hong Kong trazia 875 quilos de celulares com indícios de contrafação. As marcas, possivelmente falsas, eram escondidas nos celulares com adesivos ou com uma tinta raspável. A outra retenção foi feita no armazém doméstico de uma grande companhia aérea brasileira, onde foi encontrada uma carga com 3.900 hand spinners vindos de Foz do Iguaçu, sem documentos que comprovem sua regular importação.

registrado em: