Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2013 > Janeiro > 10ª Região Fiscal > RS: Receita Federal e BM interceptam carreta com cigarros
conteúdo

Notícias

RS: Receita Federal e BM interceptam carreta com cigarros

Nesta 2ª. feira, após uma ligação anônima oriunda de Santa Cruz do Sul/RS, denunciando uma operação ilegal de transporte de grande quantidade de cigarros contrabandeados, agentes da Divisão de Repressão ao Contrabando da Receita Federal - DIREP, apoiados pela Brigada Militar de Montenegro e Capela Santana, inciaram buscas em várias estradas que ligavam o norte do estado do RS à região do Vale dos Sinos. A denúncia dava conta de que o transporte seria em uma carreta Mercedes Benz cor branca do Mato Grosso do Sul, e chegaria na região na noite de 2ª para 3ª feira.
 
As buscas na região se iniciaram no início da noite de segunda-feira, 28 de janeiro, e se estenderam até a madrugada da terça-feira, dia 29. Após diversas abordagens em veículos na rodovia, os agentes encontraram um caminhão com o perfil da denúncia estacionado em um posto de gasolina na rodovia RS-287, em Capela Santana/RS. Ao inspecionarem a carga os agentes da Receita Federal e policiais militares não encontraram imediatamente o cigarro contrabandeado, mas estrados de camas de madeira. Entretanto o caminhão exalava forte cheiro de tabaco, o que  levou os agentes a desconfiarem da documentação e da carga, efetuando a retenção do veículo.
 
O veículo, com placas de Caarapó/MS, foi, então, levado pelos agentes para averiguação posterior nas dependências da Receita Federal em Porto Alegre, e o motorista intimado a comparecer para acompanhar s procedimentos. Como o motorista não compareceu, os agentes procederam de ofício à fiscalização detalhada da carga e encontraram, por baixo de ripas de madeira, e estrados de camas  beliche, aproximadamente, 800 caixas, equivalentes a 400 mil carteiras de cigarros.

A carga e o caminhão foram apreendidos e levados para depósito da Receita Federal e os responsáveis serão autuados e representados criminalmente junto ao Ministério Público Federal.  A carga está avaliada em aproximadamente R$ 1,4 milhão, e o veículo em cerca de R$ 200 mil, totalizando a apreensão em cerca de R$ 1,6 milhão.
 
carreta 1 cigarro
 
cigarro carreta 2
 
cigarro carreta 3
registrado em: