Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2020 > Junho > Receita Federal apreende mais de 23 toneladas de cocaína de janeiro a maio deste ano
conteúdo

Notícias

Receita Federal apreende mais de 23 toneladas de cocaína de janeiro a maio deste ano

Aduana

Valor é o recorde histórico da instituição

No período de janeiro a maio de 2020, o volume de cocaína apreendido representa um novo recorde histórico para a instituição. Foram apreendidas 23.1 toneladas da droga. Essa quantidade representa um aumento de 2,8 % em relação ao mesmo período de 2019.

As maiores apreensões foram registradas nos portos Santos (9,4t), Paranaguá (4,2t), Salvador (3,7t), São Francisco do Sul (3,2t) e Itajaí (1,2t)

A Receita Federal atribui o crescimento das apreensões de cocaína ao aperfeiçoamento dos procedimentos de análise de risco, além da utilização de equipamentos de ponta como scanners e da atuação das equipes que utilizam cães de faro nos procedimentos de fiscalização.

Este resultado recorde foi obtido mesmo durante a pandemia da Covid-19, evidenciando que a Receita Federal exerce suas funções, essenciais ao nosso país, mesmo diante de qualquer dificuldade sazonal.