Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2020 > Abril > Receita Federal em São Paulo libera 3,75 milhões de máscaras e 120 mil kits da Covid-19

Notícias

Receita Federal em São Paulo libera 3,75 milhões de máscaras e 120 mil kits da Covid-19

Aduana

A liberação simplificada e prioritária cumpre o objetivo de defender e atender os interesses da população em tempos de pandemia.
publicado: 24/04/2020 10h58 última modificação: 24/04/2020 14h10

Nos últimos dias, a Alfândega da Receita Federal em São Paulo desembaraçou 728 mil máscaras e 50 mil kits de testes para o diagnóstico da Covid-19. O chamado "desembaraço aduaneiro" é a liberação, pela Receita Federal, da entrada de mercadorias no País após a comprovação da regularidade da carga.

No dia 17 de abril, os centros logísticos e industriais aduaneiros (Clias) Cnaga e Multilog liberaram 500 mil e 228 mil máscaras de proteção, respectivamente. A maioria das cargas foi desembaraçada em apenas 2 horas após o registro.
Já no dia 20 de abril, o Clia Cnaga liberou uma remessa de 50 mil kits de testes para o diagnóstico da Covid-19. A declaração de importação da carga foi registrada às 10h29min e o desembaraço ocorreu às 11h53min.

A mercadoria estava destinada a uma associação que realiza, predominantemente, atendimento à população assistida pelo setor público.

Entre os dias 7 e 15 de abril, a Alfândega da Receita Federal em São Paulo já havia liberado 70 mil kits compostos por reagentes para detecção do coronavírus e 3,03 milhões de máscaras de proteção.

O trabalho contínuo e a liberação simplificada e prioritária das cargas foram iniciativas da Receita Federal por entender que os seus serviços são fundamentais para o enfrentamento da pandemia e por atribuir valor primordial à preservação da vida e à promoção da saúde.

Foto Receita Federal 3.jpg

registrado em: