Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2018 > Fevereiro > Alfândega em Foz do Iguaçu apreende ônibus com fuzis, drogas, cigarros
conteúdo

Notícias

Alfândega em Foz do Iguaçu apreende ônibus com fuzis, drogas, cigarros

Fiscalização

O armamento estava oculto em fundo falso e seis pessoas foram conduzidas em flagrante delito à autoridade policial

Na última quinta-feira (8), durante abordagens realizadas na BR-277, servidores da Receita Federal em conjunto com policiais da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar do Paraná (BPFron) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizaram apreensões de um ônibus carregado com fuzis, drogas e cigarros, além de dois carros, um roubado e outro com mercadorias.

Durante fiscalização de rotina, equipes da Receita Federal e do BPfron abordaram e conduziram um ônibus de turismo, com placas de Caxias do Sul/RS, ao Posto Fiscal Bom Jesus em Medianeira/PR. Estranhamente o veículo era ocupado apenas por duas mulheres e três homens, sendo um deles o motorista. Ao iniciar a inspeção, na parte interna do veículo, foram encontradas diversas caixas de cigarros acondicionadas entre as poltronas que estavam vazias e, escondidos no banheiro do coletivo, mais alguns pacotes e sacolas. Esses volumes possuíam um cheiro bastante forte e, ao abri-los, revelou-se uma grande quantidade de tabletes de maconha. O bagageiro do coletivo também estava carregado com centenas de pacotes de cigarros.

Ao todo havia 58 quilos de maconha e aproximadamente 77.500 maços de cigarros. O motorista, um homem de 36 anos, assumiu toda a responsabilidade pela droga e pelos cigarros, dizendo que os demais passageiros não tinham conhecimento dos ilícitos. Afirmou ainda que havia pago R$ 10 mil pela droga e que realizou diversas viagens de táxi, trazendo pequenas quantidades por vez. Segundo ele toda a ação ocorreu na região da Vila Portes em Foz do Iguaçu/PR e que levaria os cigarros e a droga para vender em sua cidade Caxias do Sul.

O condutor, os passageiros e a droga foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu para os procedimentos cabíveis. O ônibus e os cigarros foram levados para a Alfândega de Foz do Iguaçu.

No dia seguinte, sexta-feira (9), já na sede da Alfândega, durante nova inspeção minuciosa no ônibus foi encontrado um arsenal de fuzis em um fundo falso na lataria próximo ao motor. A Receita Federal utilizou-se de scanner no procedimento, tendo sido encontrados oito fuzis 556, 16 carregadores 556 e cinco carregadores 9mm. O armamento também foi encaminhado à Delegacia de Polícia Federal.

Ainda na quinta-feira (8), próximo ao pedágio de São Miguel do Iguaçu/PR, equipes da Receita Federal e da PRF deram voz de parada a uma caminhonete com placas de Umuarama/PR. Porém o condutor, um homem de 20 anos, ignorou a solicitação e tentou evadir-se da fiscalização em sentido a Santa Terezinha do Itaipu/PR. Imediatamente foi realizado o acompanhamento tático ao veículo por alguns quilômetros. Sem conseguir escapar, o motorista reduziu a velocidade e abandonou o veículo ainda em movimento. Mais uma vez não obteve sucesso, pois logo foi localizado escondido em uma mata. Ao verificar o veículo, constatou-se que o mesmo havia sido objeto de furto e possuía alguns itens, como rádio comunicador e algumas alterações internas, que indicavam que poderia ser utilizado em futuras atividades ilícitas.

O motorista e o veículo recuperado foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu e as mercadorias à Alfandega da Receita Federal em Foz do Iguaçu.

Um pouco mais tarde, próximo à cidade de São Miguel do Iguaçu, novamente as equipes da Receita Federal e da PRF abordaram um carro com placas de Londrina/PR, que era ocupado apenas pelo condutor, um homem de aproximadamente 30 anos. Ao iniciar a inspeção no veículo, verificou-se que o mesmo estava carregado com grande quantidade de mercadorias, principalmente produtos de informática, caixas de som e vídeo games e seus acessórios. Os produtos totalizaram R$ 58 mil. Em entrevista o condutor informou apenas que seguia para Londrina e que o veículo era locado.

O condutor foi liberado, sendo o veículo e as mercadorias encaminhados à Alfândega da Receita Federal em Foz do Iguaçu.

Essas iniciativas estão inseridas no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903, de 2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalizações atuantes nas fronteiras, e como foco o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros. Participam da Operação a Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, BPFron, Força Nacional de Segurança (FNSP) e Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans).