Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2017 > Julho > Ministério da Fazenda e do Planejamento divulgam nota conjunta sobre o aumento das alíquotas incidentes sobre gasolina

Notícias

Ministério da Fazenda e do Planejamento divulgam nota conjunta sobre o aumento das alíquotas incidentes sobre gasolina

Tributação

Nota oficial conjunta
publicado: 20/07/2017 19h42 última modificação: 04/04/2019 15h20

O presidente da República, Michel Temer, assinou nesta quinta-feira decreto aumentando as alíquotas de PIS/Cofins sobre combustíveis que irão gerar, durante o restante do ano de 2017, uma receita adicional de R$ 10,4 bilhões.

As alíquotas incidentes sobre gasolina, diesel e etanol serão elevadas de acordo com a tabela abaixo:

O aumento das alíquotas do PIS/Cofins sobre combustíveis é absolutamente necessário tendo em vista a preservação do ajuste fiscal e a manutenção da trajetória de recuperação da economia brasileira.

Do lado das despesas, serão contingenciados, adicionalmente, R$ 5,9 bilhões dos gastos previstos no Orçamento de 2017. Esse valor deverá ser compensado por receitas extraordinárias que ocorrerão ainda este ano.

O relatório de avaliação de receitas e despesas primárias, referente ao terceiro bimestre de 2017, será divulgado nesta sexta-feira, dia 21 de julho, pelo Ministério do Planejamento e pela Secretaria da Receita Federal.