Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2005 > Setembro > Pirataria: Instituto Brasil Legal elogia ações da Receita

Notícias

Pirataria: Instituto Brasil Legal elogia ações da Receita

Institucional

Os dados estatísticos demonstram o acerto das ações que estão sendo desenvolvidas
publicado: 09/09/2005 00h00 última modificação: 06/03/2015 16h04

O presidente do Instituto Brasil Legal,  Edson Vismona, elogia a atuação da Receita Federal do Brasil no combate ao contrabando e à pirataria no País. Em correspondência enviada ao secretário-geral Jorge Rachid, Vismona diz que o movimento do mercado informal de desktops (computadores de mesa) caiu três ponto percentual no primeiro semestre deste ano na comparação com igual período de 2004. Levantamento do instituto mostra que o chamado "mercado cinza" movimenta cerca de 73% de todo o setor.

"Essa queda se deve a dois fatores que o Instituto Brasil Legal entende como determinantes para a diminuição do mercado informal: a ação coordenada e permanente da Receita Federal com as polícias Federal e Rodoviária na repressão ao mercado ilegal e a desoneração tributária (com o lançamento do PC conectado foi reduzido a zero o PIS e o COFINS para o consumidor final)", disse Vismona, que completa: "Os dados estatísticos demonstram o acerto das ações que estão sendo desenvolvidas".