Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2005 > Novembro > Isento: 17 milhões têm até dia 30 para entregar declaração à Receita

Notícias

Isento: 17 milhões têm até dia 30 para entregar declaração à Receita

IRPF

A declaração pela internet é gratuita, nas lotéricas o serviço custa R$ 1,00, mesmo valor cobrado em instituições bancárias autorizadas e seus correspondentes bancários
publicado: 16/11/2005 23h00 última modificação: 06/03/2015 17h23

A Receita Federal do Brasil (RFB) espera receber até o final deste mês 17 milhões de declarações de Isento. O número de documentos apresentados chegou a 43 milhões na manhã desta quarta-feira (16), o que corresponde a um aumento de 14,3% em relação ao ano passado.

Em 2004, muitos contribuintes fizeram a entrega da declaração apenas no final do prazo. Nos dez últimos dias, 17,5 milhões de brasileiros enviaram a declaração – dos quais 10,5 milhões apenas nos dois últimos dias. Faltam 14 dias para o encerramento da entrega das declarações. O total de isentos de 2004 ficou em 57 milhões.

De acordo com o supervisor Nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir, os contribuintes que ainda não prestaram contas devem fazê-lo o quanto antes. "A recomendação é que o contribuinte não deixe para declarar na última hora para não enfrentar dificuldades na entrega como, por exemplo, filas nas lotéricas", alerta Adir.

A maioria das declarações, 94%, foi feita pela internet ou lotéricas. Os demais 2,6 milhões de contribuintes optaram pela entrega à RFB pelos Correios, bancos e postos conveniados. A declaração pela internet é gratuita, nas lotéricas o serviço custa R$ 1,00, mesmo valor cobrado em instituições bancárias autorizadas e seus correspondentes bancários. Nos Correios, o custo é de R$ 2,40.

 

A declaração é obrigatória para quem teve rendimentos tributáveis de até R$ 12.696 em 2004. Quem deixar de apresentá-la por um ano terá o Cadastro de Pessoa Física (CPF) colocado na situação "pendente de regularização". Com dois anos ou mais de omissão na entrega, o CPF é suspenso.