Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2020 > Maio > 9ª Região Fiscal > Operação conjunta da Receita Federal na 9ª RF e da PRF resulta na apreensão de veículos carregados com cigarros
conteúdo

Notícias

Operação conjunta da Receita Federal na 9ª RF e da PRF resulta na apreensão de veículos carregados com cigarros

Paraná

A Receita Federal na 9ª RF (PR e SC) foi responsável pela informação repassada para a equipe da PRF que realizou a abordagem.
publicado: 12/05/2020 09h51, última modificação: 12/05/2020 09h51

Em uma ação integrada da Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho da 9ª Região Fiscal (Direp09), da Delegacia da Receita Federal em Ponta Grossa/PR e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), um comboio de veículos, que transportava cigarros contrabandeados, foi apreendido no município de Ponta Grossa/PR, resultando em quatro prisões em flagrante. A ação aconteceu na manhã desta segunda-feira (11).

A equipe de inteligência da Receita Federal levantou o alvo e passou a informação para que a equipe da PRF, que estava de plantão na rodovia BR-373, pudesse realizar a abordagem. Por volta das 8h45 a equipe da PRF avistou o comboio alvo com três veículos, que transitava em alta velocidade no perímetro urbano de Ponta Grossa. Foi então realizado o acompanhamento tático, tendo sido necessário o posicionamento de outras viaturas da PRF para parar os veículos.

Com a abordagem realizada foi possível constatar que as duas caminhonetes, uma Toyota/Hilux e uma VW/Amarok, só com os motoristas, estavam carregadas com aproximadamente 15 mil maços de cigarros cada, com valor total estimado em R$ 150 mil, e ainda tinham rádio comunicador clandestino. O veículo GM/Astra, por sua vez, estava vazio e transitava com duas pessoas, mesmo assim ficou constatado seu papel de "batedor" do comboio.

Após a abordagem, a PRF também confirmou que ambas caminhonetes eram roubadas. No total quatro pessoas foram presas em flagrante delito e conduzidas para a Delegacia da Polícia Federal enquanto que os cigarros foram encaminhados para a Delegacia da Receita Federal em Ponta Grossa.