Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2020 > Julho > 8ª Região Fiscal > Receita Federal apreende mais de 4 kg de cocaína em remessas postais na capital paulista
conteúdo

Notícias

Receita Federal apreende mais de 4 kg de cocaína em remessas postais na capital paulista

São Paulo

Também foram apreendidos haxixe e anabolizantes.
publicado: 22/07/2020 10h04, última modificação: 22/07/2020 10h04

O Serviço de Remessas Postais e Expressas (Serpe) da Alfândega da Receita Federal em São Paulo apreendeu, em quatro dias, ampolas e comprimidos de anabolizantes, 4,44 kg de cocaína e 200 gramas de haxixe.

No dia 13 de julho, foram apreendidos dois pacotes de cocaína em pó, ocultos em um par de chinelos e na lateral de uma caixa de papelão, com destino à Austrália e à Tailândia, respectivamente. O total de droga apreendido, nas duas remessas, foi de 280 gramas.

No dia 14 de julho, ocorreram mais duas apreensões de cocaína no recinto de exportação dos Correios na capital paulista. Foram identificados 770 gramas da droga ocultos em lata de gordura de coco e em 84 pingentes que iriam para o Reino Unido.

No dia 15 de julho, foram apreendidas três ampolas e dois pacotes de comprimidos de anabolizantes, sem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que seguiriam para a Bélgica e a Alemanha.

No mesmo dia, foram apreendidos também 190 gramas de haxixe e 2,19 kg de cocaína. O haxixe foi localizado em cookies que iriam para Goiânia e a cocaína estava oculta em forros de colchas e de blusas que tinham como destino a Holanda e a França, respectivamente.

No dia 17 de julho, foram apreendidos 1,20 kg de cocaína em pó oculto em três canecas e 10 gramas de haxixe em um cartão de felicitações. A cocaína iria para a Holanda e o haxixe, para Portugal.