Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2020 > Janeiro > 9ª Região Fiscal > Receita Federal apreende ônibus com R$ 725 mil em mercadorias estrangeiras no noroeste
conteúdo

Notícias

Receita Federal apreende ônibus com R$ 725 mil em mercadorias estrangeiras no noroeste

Paraná

Troca de informações entre unidades da Receita Federal possibilitou a identificação do veículo.
publicado: 29/01/2020 15h22, última modificação: 29/01/2020 15h22

Equipe de servidores da Delegacia da Receita Federal em Maringá, após procedimentos de investigação e troca de informações com outras unidades da 9ª Região Fiscal, identificou um ônibus que estaria reiteradamente transportando mercadorias estrangeiras introduzidas irregularmente no país. Na madrugada do dia 9 de janeiro, a equipe localizou o veículo transitando pela rodovia PR-317, entre os municípios de Campo Mourão e Maringá, no noroeste do Paraná. Estrategicamente, os servidores fazendários realizaram o acompanhamento do ônibus até o posto da Polícia Rodoviária Estadual localizado no município de Floresta, onde efetuaram a abordagem.

Devido ao horário avançado e às condições inadequadas do local para verificação minuciosa das mercadorias, optou-se por conduzir o veículo até o depósito de mercadorias da Receita Federal em Maringá, onde foi efetuada sua lacração na presença do motorista e da guia turística, e agendada data para abertura do lacre, facultando a presença e acompanhamento dos trabalhos aos 14 passageiros.

No dia 21 de janeiro, conforme agendado, os servidores, na presença de dois passageiros, efetuaram a deslacração do veículo e realizaram a contagem e valoração das mercadorias que estavam no bagageiro inferior e na parte superior do ônibus, entre as poltronas. Foi encontrada grande quantidade de produtos estrangeiros que alcançaram o valor total de R$ 725 mil. Havia materiais escolares, cigarros convencionais e eletrônicos, smartphones e outros eletrônicos. As mercadorias foram apreendidas para, respeitado o contraditório e o direito de defesa, aplicação da pena de perdimento em favor da União.

Segundo informou o motorista, o ônibus era procedente de Foz do Iguaçu/PR e tinha como destino o município de São Paulo.