Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2020 > Janeiro > 8ª Região Fiscal > Receita Federal apreende mais de 8,5 kg de drogas em remessas postais nos primeiros dias do ano

Notícias

Receita Federal apreende mais de 8,5 kg de drogas em remessas postais nos primeiros dias do ano

São Paulo

Apreensões realizadas em São Paulo foram de cocaína e haxixe.
por publicado: 17/01/2020 10h57 última modificação: 17/01/2020 10h57

Dando continuidade ao trabalho de apreensão de drogas que, no ano de 2019, apresentou recorde histórico na Receita Federal, o Serviço de Remessas Postais e Expressas (Serpe) da Alfândega de São Paulo apreendeu cocaína e haxixe nos primeiros dias de janeiro.

Foram apreendidos 7,96 kg de cocaína em remessas postais com destino ao exterior e 600 gramas de haxixe no recinto de importação.

No terceiro dia do ano, foram encontradas 3,61 kg de cocaína. A droga, escondida em alças de bolsas e em colchas, iria para a Austrália e a França.

Outras apreensões ocorreram no dia 6 de janeiro, tanto no recinto de exportação como de importação dos Correios na Vila Leopoldina, em São Paulo.

Foram localizados 720 gramas de cocaína, destinados à França, ocultos em capas e contra-capas de livros infantis, e 100 gramas de haxixe, escondidos em caixa de madeira, com destino a São Paulo.

No dia 8, foram apreendidos 2,92 kg de cocaína no recinto de exportação dos Correios, em remessas destinadas à Nigéria, Espanha e França. A droga estava escondida em livros e em frascos de xampu.

Nesse mesmo dia, foi localizado um pacote de 500 gramas de haxixe, com destino a Alagoas, oculto em uma revista.

Já no dia 9, outras duas remessas de cocaína foram apreendidas em fundos falsos de caneca e forros de frasqueira. O total encontrado foi de 1,61 kg com destino ao Paquistão e à Austrália.