Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2019 > Outubro > 9ª Região Fiscal > Ações de repressão da Receita Federal na região de Cascavel resultam em 12 prisões em flagrante no mês de setembro

Notícias

Ações de repressão da Receita Federal na região de Cascavel resultam em 12 prisões em flagrante no mês de setembro

Paraná

O valor total das apreensões supera R$ 570 mil.
por publicado: 31/10/2019 11h06 última modificação: 08/11/2019 11h24

A equipe de repressão da Delegacia da Receita Federal em Cascavel realizou várias ações no mês de setembro que resultaram em apreensões de veículos e aproximadamente R$ 570 mil em mercadorias, bem como prisões em flagrante.

No dia 23 de setembro, a DRF/Cascavel efetuou a apreensão de uma carga de cigarros eletrônicos em transportadora de Cascavel. A carga foi avaliada em R$ 90 mil. Três dias depois, em 26 de setembro, por meio de cruzamento de dados, identificou-se que uma nova carga seria despachada na mesma transportadora. Em operação realizada com participação das equipes de repressão da DRF/Cascavel, Alfândefa da Receita Federal em Curitiba e Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho (Direp09), e apoio da Polícia Federal, as duas unidades da transportadora, em Curitiba e Cascavel, foram fiscalizadas, tendo sido encontradas muitas mercadorias estrangeiras sem comprovação de regular importação. O total foi estimado em R$ 100 mil. Além de realizar a retenção das mercadorias, a equipe deu voz de prisão em flagrante a uma pessoa em Cascavel que, no momento da fiscalização, chegou para fazer troca de mercadorias.

Na noite do dia 24 de setembro, os servidores da repressão realizaram uma operação no centro de remessas postais de Cascavel que resultou em um total de 251 volumes retidos. Essas encomendas postais continham eletrônicos, perfumes, suplementos alimentares, jaquetas de couro, produtos de informática e brinquedos sem documento de amparo legal (nota fiscal ou comprovação de regular importação). O valor total estimado é de R$ 100 mil.

No dia 23 de setembro, servidores da Receita Federal realizaram acompanhamento de um veículo VW/Golf suspeito na região de Cascavel. Ao perceber que estava sendo observado, o veículo empreendeu fuga, com manobras perigosas, ultrapassagens proibidas e na contramão por cerca de 10 km. A equipe conseguiu realizar a abordagem, sendo o veículo encaminhado ao depósito da Receita Federal e fiscalizado. Foram encontrados equipamentos de furto de sinal (popularmente conhecidos como sky gato) avaliados em R$ 33 mil. Devido seu comportamento, o motorista foi conduzido à Polícia Federal para as providências que a autoridade policial achasse pertinente.

No dia 16 de setembro, a equipe de repressão apreendeu um veículo VW/Gol, com placas de Foz do Iguaçu carregado com 30 pneus, no município de Cascavel.

No dia 2 de setembro, a ação aconteceu com apoio de policiais militares do  Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron). A equipe apreendeu um ônibus de linha em Santa Tereza do Oeste/PR, com aproximadamente 100 caixas de cigarros, o que corresponde a 50 mil maços. Os cigarros contrabandeados teriam como destino a cidade de Joinville/SC. O motorista do ônibus, bem como os nove passageiros, foram presos em flagrante delito e encaminhados para os procedimentos legais na Polícia Federal de Cascavel. O valor estimado dos cigarros é de R$ 250 mil.