Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2019 > Julho > 8ª Região Fiscal > Receita Federal apreende metanfetamina, haxixe e maconha importados via correios

Notícias

Receita Federal apreende metanfetamina, haxixe e maconha importados via correios

São Paulo

As três apreensões realizadas pelo Serviço de Remessas Postais e Expressas da Alfândega de São Paulo totalizaram 760 gramas de droga.
por publicado: 04/07/2019 15h31 última modificação: 04/07/2019 15h31

O Serviço de Remessas Postais e Expressas (Serpe) da Alfândega da Receita Federal em São Paulo realizou apreensões de metanfetamina, haxixe e maconha nos últimos dias na central dos Correios na Vila Leopoldina, em São Paulo.

Na última segunda-feira, dia 1º de julho, foi interceptada uma remessa com dois sacos de haxixe ocultos em jogos de lençol infantis. O peso líquido da droga era de 160 gramas. A remessa foi enviada da Califórnia, nos Estados Unidos, para a cidade de Matão, em São Paulo.

Dias antes, na quarta-feira, 26 de junho, já haviam sido apreendidos 260 gramas de metanfetamina também no recinto de importação. A droga procedia do Canadá e seria enviada para a cidade do Rio de Janeiro. Popularmente conhecida como "cristal", a metanfetamina é uma droga sintética altamente viciante cujos efeitos psicotrópicos podem durar até 12h. Um "bag", nome usado para um pacote de 1 grama, pode custar até R$ 200 nas casas noturnas.

No mesmo dia 26 de junho, outra encomenda com destinatário no Rio de Janeiro foi interceptada. Nela, foram encontrados 340 gramas de maconha misturados com cereais em embalagem para alimento. A encomenda foi remetida de Nova Iorque, nos Estados Unidos.