Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Ações da Receita Federal > Notícias > 2019 > Janeiro > 9ª Região Fiscal > Receita Federal em Ponta Grossa retém 315 volumes de remessas postais irregulares

Notícias

Receita Federal em Ponta Grossa retém 315 volumes de remessas postais irregulares

Paraná

Os volumes continham diversos tipos de mercadorias e teriam como destino várias regiões do Brasil.
por publicado: 18/01/2019 09h34 última modificação: 18/01/2019 09h34

A Delegacia da Receita Federal de Ponta Grossa/PR realizou na segunda-feira (14), e ao longo da semana anterior, operações de repressão ao contrabando e descaminho nas unidades de recepção e nos centros de distribuição de remessas postais da cidade. Ao todo foram retidos 315 volumes contendo equipamentos e jogos de video games, aparelhos e acessórios de celulares, equipamentos de informática, bebidas, entre outros.

As apreensões foram motivadas pela não comprovação da importação regular pelos remetentes das mercadorias, seja por falta da nota fiscal ou outro documento para comprovar sua regularidade. Em uma das unidades de recepção de postagens foram retidos 97 pacotes, equivalente a cerca de 70% do movimento do dia, sendo que nenhum dos volumes tinha regularidade comprovada.

Os objetos ficarão à disposição dos interessados na sede da DRF/Ponta Grossa para eventual comprovação da sua legalidade. Caso os remetentes não comprovem a importação regular em até 30 dias, será aplicada a pena de perdimento dos objetos retidos e encaminhada a representação ao Ministério Público Federal para a persecução penal cabível.

O valor estimado das mercadorias é de R$ 250 mil.

A DRF/Ponta Grossa intensificará as operações nas unidades de recepção e nos centros de distribuição de remessas postais do município, em virtude da identificação de um elevado número de mercadorias remetidas irregularmente ou sem os devidos documentos comprobatórios da sua regularidade.