Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2018 > Novembro > 9ª Região Fiscal > Confira balanço parcial da Operação Muralha
conteúdo

Notícias

Confira balanço parcial da Operação Muralha

Paraná

As apreensões somam quase R$ 3 milhões nos 15 primeiros dias desta segunda fase de 2018.
publicado: 20/11/2018 13h33, última modificação: 20/11/2018 14h09

As atividades de fiscalização realizadas no âmbito da Operação Muralha vêm atingindo o objetivo de fortalecer o Estado, por meio da integração entre a Receita Federal e as forças atuantes, no combate aos crimes de fronteira, elevando a percepção de risco e a presença fiscal nesta região da tríplice fronteira.

No período de 30 de outubro a 13 de novembro, que corresponde aos primeiros quinze dias da Operação, as atividades na região oeste do Paraná foram realizadas principalmente na barreira de fiscalização instalada próximo à praça de pedágio situada no município de São Miguel do Iguaçu/PR e em estradas secundárias da região.

Os resultados obtidos nas primeiras duas semanas foram bastante expressivos, tendo sido apreendidos até o momento: 7,7 quilos de maconha; 425 munições; 41 unidades de medicamentos e anabolizantes e aproximadamente R$ 2,87 milhões em mercadorias; ainda 3 prisões em flagrante. Além disso, foram retidos 23 veículos, sendo 14 veículos de passeio, 1 motocicleta, 5 ônibus e 3 embarcações.

O maior destaque fica por conta dos R$ 2,87 milhões em mercadorias apreendidas. O valor se deve à grande quantidade de eletrônicos, principalmente produtos de informática e celulares de alto valor, que foram apreendidos nestas duas semanas. Quanto à apreensão de drogas, destaca-se o caso inusitado de um ciclista que passou pela barreira em sua bicicleta com o intuito de ludibriar a fiscalização, porém foi flagrado transportando alguns quilos de maconha em sua mochila.

A Operação Muralha, desenvolvida na região de Foz do Iguaçu, iniciou sua segunda fase no ano em 30 de outubro. As ações estão sendo desenvolvidas na barreira fixa montada próxima ao pedágio de São Miguel do Iguaçu/PR, com revezamento de equipes nas 24h do dia, e nas estradas vicinais, lago do reservatório de Itaipu e Rio Paraná com equipes volantes de prontidão.

Essa iniciativa está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalizações atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros.

Participam da Operação a Receita Federal, Justiça Federal de Foz do Iguaçu, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Exército, Marinha, Aeronáutica, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Polícia Militar do Paraná, Polícia Civil e Departamento de Inteligência do Estado do Paraná – DIEP), Justiça Estadual e Ministério Público Estadual da Comarca de São Miguel do Iguaçu e Departamento de Estradas de Rodagem (DER).