Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2018 > Maio > 9ª Região Fiscal > Receita Federal inicia a Operação Muralha no oeste paranaense
conteúdo

Notícias

Receita Federal inicia a Operação Muralha no oeste paranaense

Paraná

Na região oeste do Paraná, foi montada uma barreira de fiscalização na praça de pedágio de São Miguel do Iguaçu/PR por período indeterminado.

Foi deflagrada na segunda-feira (30/4), a Operação Muralha da Receita Federal em parceria com Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Exército, Marinha, Aeronáutica, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Polícia Militar do Paraná, Polícia Civil e Departamento de Inteligência do Estado do Paraná - DIEP) e Ministério Público Estadual.

Esta ação está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF) e tem por finalidade o fortalecimento do controle e da fiscalização, visando prevenir e combater os crimes de contrabando, descaminho, tráfico de drogas, de armas, de munições, de medicamentos, além de outros crimes praticados, com ênfase nos produtos que ingressam no Brasil vindos do Paraguai.

O principal ponto de atuação é a barreira fixa de fiscalização, montada na praça de pedágio em São Miguel do Iguaçu. Além disso, há presença de equipes volantes em estradas secundárias da região, nas margens do Rio Paraná e do Lago de Itaipu. Estão envolvidos com as atividades, no total, 350 servidores. A Operação conta ainda com o apoio de scanners e helicóptero da Receita Federal, além de equipes com cães farejadores.

A infraestrutura que abriga os servidores foi instalada ao lado da praça de pedágio e é composta por uma tenda, um motorhome e banheiros químicos, que proporcionam uma estrutura mínima para as equipes. A atuação é permanente e ininterrupta (7 dias por semana, 24 horas por dia), com objetivo de verificação dos veículos que passam pelo local no sentido Foz do Iguaçu – Cascavel.

Os resultados da operação foram sentidos logo na noite de segunda-feira (30), por volta das 22h, quando foi realizada uma abordagem a um ônibus de turismo, onde foram identificados, após revista na mochila de um passageiro de 20 anos, cinco pacotes contendo haxixe e maconha do tipo skunk, que totalizaram 4,3 kg. Os pacotes de droga estavam em meio a naftalinas, possivelmente, com o intuito de inibir o cheiro forte. O indivíduo foi preso e conduzido à Polícia Civil de São Miguel do Iguaçu para os procedimentos legais cabíveis.

Destacam-se também outras duas apreensões, a primeira de um veículo de seguradora totalmente carregado com tapetes e ocupado apenas pelo condutor. E a segunda de duas motocicletas de enduro da marca KTM que estavam em uma caminhonete, avaliadas em aproximadamente  R$ 45 mil. Tanto os tapetes quanto as motocicletas foram retidas e encaminhadas para a sede da Alfandega da Receita Federal em Foz do Iguaçu e estão aguardando o prazo legal que os proprietários possuem para acompanhar a deslacração.

Assista ao vídeo do início dos trabalhos da Operação clicando aqui.

registrado em: