Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2018 > Maio > 9ª Região Fiscal > Medicamentos em fundos falsos são apreendidos na Ponte Internacional da Amizade
conteúdo

Notícias

Medicamentos em fundos falsos são apreendidos na Ponte Internacional da Amizade

Paraná

Dois fundos falsos em uma van com placas paraguaias escondiam mais de mil unidades de medicamentos.

Na manhã desta sexta-feira (18), no âmbito da Operação Fronteira Integrada, ação conjunta entre servidores da Receita Federal, policiais do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) e da Força Nacional resultou na apreensão de grande quantidade de medicamentos em fundo falso.

A ação ocorreu por volta das 6h, quando uma van paraguaia adentrava o Brasil, ocupada pelo condutor e dois passageiros. Durante verificação inicial no interior do veículo, nada foi visualmente encontrado. Ao ser questionado, o condutor negou a existência de itens ocultos na Van, entretanto, após o início de uma inspeção minuciosa, ele apresentou sinais expressivos de nervosismo. A inspeção chegou até o tanque de combustíveis do veículo, onde havia um fundo falso contendo grande quantidade de medicamentos de vários tipos; em seguida, um novo fundo falso foi encontrado, desta vez no banco traseiro, onde também havia medicamentos.

Ao serem descobertos os fundos falsos, o motorista evadiu-se correndo sentido Paraguai. Iniciou-se então um acompanhamento tático, porém não foi possível localizá-lo. Os passageiros foram questionados sobre a existência dos medicamentos na Van, contudo afirmaram não saber de sua existência, sendo liberados em seguida.

Os medicamentos, que totalizaram 1.032 unidades e aproximadamente R$ 26 mil, foram apreendidos juntamente com o veículo. Será enviada ao Ministério Público representação fiscal para fins penais para apuração dos ilícitos.
A Operação Fronteira Integrada está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalização atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros.

Participam da Operação a Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar do Paraná – BPFron, Força Nacional de Segurança Pública– FNSP e Foztrans – Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu.

registrado em: