Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2018 > Junho > 9ª Região Fiscal > Mais 17 ônibus são apreendidos na Operação Muralha
conteúdo

Notícias

Mais 17 ônibus são apreendidos na Operação Muralha

Paraná

Ação integrada da Receita Federal com as demais forças de segurança vem inibindo de forma efetiva a volta dos comboios.
publicado: 22/06/2018 13h47, última modificação: 05/07/2018 13h57

Ação coordenada pela Receita Federal, em parceria com o Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), Força Nacional e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), realizada no âmbito da Operação Muralha, no último sábado (17), resultou na apreensão de um comboio com 17 ônibus de turismo.

A ação se iniciou por volta das 12h30, com o apoio aéreo do helicóptero da Receita Federal, na barreira de fiscalização instalada na Praça de Pedágio de São Miguel do Iguaçu/PR. O foco foram os ônibus de turismo que passavam pela barreira com características específicas e com suspeita de estarem transitando em comboio. Destaque para a sinergia e coordenação entre os diversos servidores participantes da operação.

Ao todo foram fiscalizados 81 ônibus, sendo lavrados 17 autos de infração referentes a infrações à legislação da ANTT. Nove deles ainda foram retidos, sendo lacrados e encaminhados para a sede da Receita Federal em Foz do Iguaçu, para posterior verificação e quantificação da grande quantidade de mercadorias contida em seus bagageiros.

Por meio de informações colhidas com alguns dos motoristas e passageiros, verificou-se que os ônibus buscavam formar comboios, e que seguiam para locais variados do País. A deslacração dos veículos foi agendada para o decorrer deste mês. Estima-se que as mercadorias contidas nos ônibus possam superar o valor de R$ 1 milhão, ao final da contagem e valoração.

Desde o início da Operação Muralha a Receita Federal vem atuando de forma integrada com os demais órgãos de segurança que atuam na região, para impedir que os ônibus de turismo trafeguem em comboio na rodovia como tentativa clara de fugir da fiscalização. Os trabalhos têm se mostrado bastante efetivos, sendo que a cada final de semana uma média de dez coletivos são retidos e encaminhados para a sede da Receita Federal.

 

registrado em: