Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2018 > Dezembro > 9ª Região Fiscal > Retenção de bagagens e encomendas no Aeroporto Internacional Afonso Pena
conteúdo

Notícias

Retenção de bagagens e encomendas no Aeroporto Internacional Afonso Pena

Paraná

O fato ocorreu durante o procedimento rotineiro de verificação não invasiva de bagagens.
publicado: 10/12/2018 11h09, última modificação: 03/04/2019 17h39

A Equipe de Vigilância e Repressão da Inspetoria do Aeroporto Internacional Afonso Pena, em Curitiba, no plantão do dia 26/11, selecionou duas malas que haviam sido despachadas nas esteiras de um voo doméstico. A passageira, identificada na fila de embarque, foi orientada a acompanhar a abertura das bagagens na ala internacional do aeroporto.

Durante o procedimento, constatou-se que o conteúdo das malas era de mercadorias estrangeiras desprovidas de documentação fiscal, sem comprovação de regular importação. Pelo fato de se tratar de pessoa física, a quantidade de mercadorias encontradas indicava indício de destinação comercial.

A passageira tinha como destino final a cidade de Fortaleza/CE e relatou que teria gasto a quantia aproximada de R$ 9,6 mil em perfumes procedentes do Paraguai. O trajeto Foz do Iguaçu/PR a Curitiba foi feito por meio rodoviário, com intuito de se esquivar da fiscalização aduaneira no aeroporto de Foz do Iguaçu.

Ainda, no mesmo plantão, no armazém de uma companhia aérea, um volume contendo eletrônicos foi retido. Essa mercadoria, de valor estimado em R$ 5,8 mil, foi despachada em Curitiba e tinha como destino final a cidade de São Miguel do Guaporé/RO.

registrado em: