Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Ações da Receita Federal > Notícias > 2018 > Dezembro > 9ª Região Fiscal > Receita Federal retém 779 volumes de remessas postais irregulares em Cascavel

Notícias

Receita Federal retém 779 volumes de remessas postais irregulares em Cascavel

Paraná

Estima-se que as mercadorias somem aproximadamente R$ 300 mil.
por publicado: 24/12/2018 11h18 última modificação: 24/12/2018 11h18

A Alfândega da Receita Federal em Foz do Iguaçu e Delegacia da Receita Federal em Cascavel/PR realizaram, na sexta-feira, dia 21 de dezembro, operação no Centro de Distribuição de remessas postais na cidade de Cascavel/PR que resultou na retenção de grande quantidade de mercadorias irregulares.

As apreensões foram motivadas pela não comprovação de importação regular das mercadorias, seja pela falta de nota fiscal ou outro documento de regularidade fiscal, como pela apresentação de documentos comprobatórios suspeitos de serem falsos ou inidôneos. Foram retidos 779 volumes, levados para a sede da Alfândega de Foz do Iguaçu para verificação minuciosa tanto do conteúdo quanto da documentação referente à postagem. Os fiscais constataram uma possível migração de remetentes de Foz do Iguaçu e região para Cascavel, pelas constantes operações realizadas na fronteira.

A verificação das mercadorias está em andamento, mas, entre os itens já deslacrados, além de grande quantidade de eletrônicos, destaca-se um carregador de munição para armas de fogo. Segundo a legislação brasileira, somente atiradores com Certificado de Registro (CR) junto ao Exército Brasileiro podem executar recarga de munições.