Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2017 > Setembro > 9ª Região Fiscal > Receita Federal apreende grande quantidade de mercadorias em Foz do Iguaçu
conteúdo

Notícias

Receita Federal apreende grande quantidade de mercadorias em Foz do Iguaçu

Paraná

Ação de fiscalização aconteceu em um hotel da cidade. Quarto era utilizado como depósito clandestino de mercadorias
publicado: 06/09/2017 16h45, última modificação: 06/09/2017 16h50

A partir de informações obtidas pelo setor de análise de risco da Receita Federal, um grupo de servidores da Aduana e policiais do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) se dirigiram a um hotel da cidade no começo da noite de terça-feira (5) onde, após diligência nas dependências do estabelecimento, realizada no âmbito da Operação Fronteira Integrada, encontraram um quarto abarrotado de mercadorias contrabandeadas de variados tipos.

O acesso ao quarto utilizado como depósito foi possível porque os servidores constataram visualmente que o cômodo não estava sendo usado como dormitório, mas como armazém de contrabando. Embora o registro de hóspede tivesse sido feito no nome de um homem, a suspeita é de que o depósito era utilizado por vários infratores. A utilização de quartos de hotel como depósito de mercadorias ilegais é uma prática antiga dos contrabandistas fortemente combatida pela Receita Federal.

Em pesquisa aos sistemas verificou-se que o registro no hotel estava em nome de um homem de 20 anos reincidente na prática desse mesmo delito. A mercadoria foi avaliada em cerca de R$ 70 mil.

A Operação Fronteira Integrada está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalização atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros. Participam da Operação a Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar do Paraná – BPFRON, Força Nacional de Segurança – FNS e Foztrans – Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu.

registrado em: