Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2017 > Outubro > 9ª Região Fiscal > Receita Federal em Foz do Iguaçu apreende smartphones, medicamentos, anabolizantes e suplementos vitamínicos
conteúdo

Notícias

Receita Federal em Foz do Iguaçu apreende smartphones, medicamentos, anabolizantes e suplementos vitamínicos

Paraná

Contrabandistas têm estratégia de ocultação frustrada e Receita apreende celulares em fundo falso de veículo e grande quantidade de medicamentos dentro de brinquedos, além de 20 kg de maconha na Operação Muralha
publicado: 23/10/2017 16h46, última modificação: 12/01/2018 14h13

A primeira apreensão ocorreu no início da tarde de quarta-feira (18) quando servidores da Receita Federal com apoio dos policiais do BPFron abordaram um veículo Chevrolet/Captiva, com placas de São Miguel do Iguaçu/PR, na barreira da Operação Muralha montada próximo à praça de pedágio. O automóvel era ocupado por 4 pessoas, todas da mesma família residentes em São Miguel. Tudo levava a crer que se tratava de uma viagem de férias, mas ao inspecionarem o assoalho do porta-malas que estava repleto de bagagem, constataram a presença de fundo falso em cujo interior foram encontrados 80 smartphones de alto valor agregado, avaliados em cerca de R$ 170 mil. Arguido a respeito do achado, o motorista de mais de 40 anos, portador de necessidades especiais caminhando com ajuda de muletas, informou que o intuito da viagem era exclusivamente para transportar a mercadoria descaminhada e que receberia R$ 5 mil pelo serviço.

O veículo e os produtos foram retidos e levados para o depósito da Receita Federal.

A segunda apreensão, ocorreu com a deslacração de um ônibus de turismo, com placas de Curitiba/PR. Na bagagem identificada como pertencente a uma mulher de 56 anos, natural de Curitiba, foram encontrados cerca de 19.490 unidades de medicamentos diversos e 3.022 unidades de frascos e ampolas e potes de anabolizantes e suplementos vitamínicos, dentro de brinquedos, que somaram mais de R$ 40 mil. A contraventora não compareceu à deslacração da mercadoria. Os dados referentes à mulher foram encaminhados à Polícia Federal, para as providencias cabíveis, posto que o contrabando de medicamentos, principalmente anabolizantes, configura crime sujeito à pena de prisão.

E, na noite do dia 17, durante vistoria em um ônibus da linha Foz do Iguaçu/PR - São Paulo/SP, com o auxílio do cão de faro foram encontrados 700 g de maconha , dentro de uma mala de propriedade de um passageiro de 70 anos, que confessou que levaria a droga até São Paulo.

Também na mesma noite, durante fiscalização de um táxi, com três ocupantes, além do condutor, foram encontrados 3 malas contendo 20 kg de maconha. Um dos ocupantes, uma mulher de nacionalidade paraguaia confessou que receberia R$ 9 mil para transportar a droga até a cidade de Medianeira e que os outros dois passageiros não tinham conhecimento da droga, mas receberiam R$ 100 para passar uma mala cada um, como cota. Os envolvidos e a droga foram encaminhados para Delegacia da Polícia Civil de em São Miguel do Iguaçu/PR para os procedimentos legais.

A Operação Muralha, que envolve servidores da Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Exército, Marinha, Polícia Militar do Paraná, Polícia Civil e Departamento de Inteligência do Paraná, teve início no dia 3 de maio por período indeterminado.

registrado em: