Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Combate ao Contrabando e Descaminho > Notícias > 2017 > Agosto > 9ª Região Fiscal > Receita Federal de Foz do Iguaçu apreende comboio de ônibus carregados com mercadorias
conteúdo

Notícias

Receita Federal de Foz do Iguaçu apreende comboio de ônibus carregados com mercadorias

Paraná

Quatro ônibus estavam organizados em comboio e partiam de Foz do Iguaçu com destino a São Paulo.
publicado: 18/08/2017 11h09, última modificação: 23/08/2017 15h28

Equipe de servidores da Receita Federal, com o apoio da Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal, em ação de fiscalização rotineira, apreenderam quatro ônibus carregados de contrabando. A ação ocorreu no fim da tarde de quarta-feira (16), no Posto da Polícia Rodoviária Federal em Santa Terezinha de Itaipu/PR.

Os quatro ônibus estavam organizados em comboio e partiam de Foz do Iguaçu com destino a São Paulo. O primeiro veículo, ao perceber que seria abordado pelas equipes da Receita Federal e da PRF, recuou, tentando fazer um retorno proibido com a intenção de voltar para a cidade de Foz do Iguaçu, porém foi prontamente interceptado pelos servidores não logrando êxito em seu intento. Em seguida os servidores realizaram a abordagem e apreensão dos outros três ônibus que pertenciam ao comboio. Todos os veículos foram lacrados e encaminhados para a sede da Receita para contagem e valoração das mercadorias.

No início dos procedimentos de contagem foi constatada grande quantidade de mercadorias contrabandeadas do Paraguai. Detalhe importante é que as mercadorias estavam organizadas por tipo de produto revelando que o comboio não se tratava de ônibus com turistas, mas sim, verdadeiros veículos de carga com o intuito de transportar mercadorias ilegais para revenda no País. Esta forma de acondicionamento de mercadorias por tipo é comum nos casos em que ônibus de turismo são utilizados, exclusivamente, como transporte de produtos contrabandeados ou descaminhados.

A estimativa é que os ônibus estejam levando mercadorias de tipos variados valoradas em mais R$ 400 mil. Os passageiros, em pequeno número, após verificação de seus pertences foram liberados.

registrado em: