Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2020 > Julho > Receita Federal apreende 27,8 toneladas de cocaína no primeiro semestre
conteúdo

Notícias

Receita Federal apreende 27,8 toneladas de cocaína no primeiro semestre

Aduana

Resultado é recorde para o período; porto de Santos foi responsável por 40% das apreensões
publicado: 20/07/2020 11h43, última modificação: 20/07/2020 11h47

A Receita Federal apreendeu 27,8 toneladas de cocaína no primeiro semestre de 2020. A quantidade é 5,07% maior do que a registrada entre janeiro e junho de 2019, e é o maior resultado já apurado pelo órgão nos seis primeiros meses de um ano.

Para combater a movimentação de drogas no país o órgão tem investido constantemente em tecnologia, capacitação de servidores e ações de inteligência, como troca de informações com órgãos de segurança nacionais e administrações aduaneiras de outros países.

Cerca de 40% das apreensões de cocaína pela Receita Federal ocorreram no Porto de Santos (SP), o maior da América Latina, que reteve 10,5 toneladas da droga. Outros portos que registraram números expressivos foram os de Salvador (BA) e Paranaguá (PR), com apreensões de 4,9 toneladas e 4,3 toneladas respectivamente.

Em 2019, a Receita Federal registrou um recorde de apreensão de cocaína, com 57,8 toneladas apreendidas. O resultado foi 84% maior do que o apurado em 2018.

registrado em: ,