Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2020 > Julho > Porto Seco de Foz do Iguaçu libera quase 70 mil caminhões no 1º semestre de 2020
conteúdo

Notícias

Porto Seco de Foz do Iguaçu libera quase 70 mil caminhões no 1º semestre de 2020

Aduana

Recinto se mantém como o maior da América Latina em movimentação de cargas.
publicado: 17/07/2020 11h31, última modificação: 17/07/2020 11h35

O Porto Seco continua com grande movimentação neste primeiro semestre de 2020 com a liberação de um total de 69.772 caminhões.

No fluxo das operações de importação foram 38.454 cargas liberadas. Dentro desta operação os gêneros mais importados foram os cereais, como exemplo milho, trigo, arroz e soja, seguidos dos produtos da indústria de moagem, como o malte e amidos, e finalizando com os produtos hortícolas exemplificados por plantas, raízes e tubérculos.

Na exportação, neste primeiro semestre, foram 31.318 cargas liberadas. Os principais gêneros exportados, por ordem de valor, foram: plásticos e suas obras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, além de papel e obras de pasta de celulose.

Partindo-se do ponto de vista comercial, o fluxo total de comércio estabelecido via recinto foi de aproximadamente U$ 1,8 bilhões. Dessas divisas, cerca de US$ 1,1 bilhão oriundo de exportações e US$ 731 milhões proveniente de importações.

Tais resultados fazem do Porto Seco de Foz do Iguaçu, o maior da América Latina no quesito movimentação de cargas, tendo como destaque a operação de exportação para o Paraguai, que representa 41% de toda a operação do período.

Os quadros da sequência apresentam os pesos e valores totais das cargas de importação e de exportação que ingressaram no Porto Seco de Foz do Iguaçu no primeiro semestre de 2020, com o detalhamento do país de procedência/destino.

registrado em: