Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2019 > Setembro > Alfândega de São Paulo apreende mais de 90 kg de drogas em remessas postais

Notícias

Alfândega de São Paulo apreende mais de 90 kg de drogas em remessas postais

Aduana

Serviço de Remessas Postais e Expressas (Serpe) de São Paulo identificou 97,8 kg de entorpecentes entre os dias 4 de julho e 11 de setembro.
publicado: 18/09/2019 14h08 última modificação: 18/09/2019 14h31

O Serviço de Remessas Postais e Expressas (Serpe) da Alfândega de São Paulo realiza rotineiramente apreensões de drogas escondidas de diferentes formas em remessas postais de importação e exportação. Todas as remessas suspeitas são submetidas a testes realizados pela equipe de fiscalização.

No período de 4 de julho a 5 de setembro, 80,391 kg de drogas foram apreendidos em 134 remessas postais.

As últimas apreensões, ocorridas entre os dias 9 e 11 de setembro, foram de cocaína e totalizaram 17,420 kg da droga. Todas ocorreram no recinto de exportação dos Correios no bairro da Vila Leopoldina, em São Paulo.

No dia 9 de setembro, foram identificados dois sacos de cocaína em pó ocultos em vidros de perfume com destino à Nova Zelândia. O peso da remessa era de 0,770 kg.

 

No dia 10 de setembro, houve apreensão de 5,560 kg de cocaína em cinco remessas com destino ao exterior. Em duas remessas, havia 79 nozes recheadas com saquinhos de cocaína em pó, pesando 1,620 kg, com destino ao Paquistão.

 

Em outra remessa, 1,960 kg da droga foi encontrado em solas de sandálias que tinham como destino a Tailândia.

 

Em mais duas remessas, 1,980 kg de cocaína foi apreendido. Desse total, 1,510 kg estava oculto em forros de jaquetas e 0,470 kg, em 17 relés de pisca-pisca para motocicletas que tinham como destino, respectivamente, Hong Kong e Austrália.

 

No dia 11 de setembro, três remessas foram encontradas, totalizando 11,090 kg da droga. Desse total, 5,870 kg estavam ocultos em bojos de biquíni, toalhas e lençóis embebidos em cocaína líquida e tinham como destino a Holanda.

 

 

Os  outros 5,220 kg estavam ocultos em um aparelho para procedimento estético com destino à Nova Zelândia.