Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2018 > Outubro > Ação da Receita Federal retém três ônibus carregados com mercadorias no oeste do Paraná

Notícias

Ação da Receita Federal retém três ônibus carregados com mercadorias no oeste do Paraná

Apreensão

Estima-se que o valor total das mercadorias transportadas pelos veículos ultrapasse R$ 550 mil
publicado: 23/10/2018 13h20 última modificação: 09/04/2019 12h04

No último sábado (20), ação conjunta entre a Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho da Receita Federal em Foz do Iguaçu/PR, o Batalhão de Fronteira da PM/PR, Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal resultou na retenção de mais três ônibus carregados com mercadorias. Os ônibus foram escoltados até a Alfândega da Receita Federal em Foz do Iguaçu e estima-se que o valor total das mercadorias ultrapasse R$ 550 mil.

A ação foi realizada na rodovia BR-277 e no Posto Fiscal Bom Jesus, em Medianeira/PR. Ao todo foram selecionados três ônibus com características suspeitas. Todos os veículos foram lacrados para posterior verificação por estarem carregados com mercadorias que evidenciavam destinação comercial, em sua maioria eletrônicos. Por meio de informações colhidas com os motoristas e com alguns passageiros, constatou-se que os veículos seguiriam para vários destinos no País.

Essa iniciativa está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, que tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalizações atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros.

Com repetidas ações, dando continuidade ao combate à prática de formação de comboios na região, a Receita Federal contabiliza, no período de 13 a 20 de outubro, onze ônibus de turismo retidos para fiscalização. O valor total estimado chega a R$ 1,76 milhão.