Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2018 > Maio > Haxixe é apreendido em veículo guinchado durante fiscalização da Operação Muralha

Notícias

Haxixe é apreendido em veículo guinchado durante fiscalização da Operação Muralha

Aduana

No total, foram apreendidos 68,3 kg de haxixe avaliados em R$ 5,5 milhões
publicado: 04/05/2018 10h20 última modificação: 09/04/2019 15h27

Na quarta-feira (2), por volta das 17h, um caminhão guincho, conduzido por um homem de 53 anos, carregava três automóveis quando foi abordado por servidores da Receita Federal e policiais militares do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) na barreira de fiscalização da Operação Muralha.

Na inspeção dos veículos guinchados, o cão de faro apontou a existência de ilícitos em um deles, mas estavam em compartimento oculto. O caminhão guincho e os veículos foram então encaminhado ao Porto Seco de Foz do Iguaçu/PR, onde passaram pelo scanner, confirmando a presença de fundo falso, com conteúdo, no painel e sob o porta-malas do veículo Fiat. Ao acessar esses fundos falsos, foram encontrados dezenas de volumes que somaram 68,3 kg de substância análoga a haxixe. A droga foi avaliada preliminarmente em R$ 80,00 por grama, ou seja, cerca de R$ 5,5 milhões.

Um homem de 29 anos se apresentou alegando ter sido o responsável pelo frete dos veículos guinchados. Porém, não prestou nenhuma declaração sobre os ilícitos. Diante dos fatos, o condutor e o responsável foram encaminhados juntamente com a droga e os veículos até a Delegacia da Polícia Civil em São Miguel do Iguaçu/PR para os procedimentos legais cabíveis.

Ainda na tarde de quarta-feira (2), um homem em uma moto tentou desviar da fiscalização por uma estrada de terra antes da barreira montada para a Operação Muralha. Porém, a tentativa de fuga foi frustrada por servidores da Receita Federal e policiais do BPFron, que o abordaram. Durante a fiscalização foi constatado que o condutor carregava 95 maços de cigarros no compartimento de carga da moto. Em depoimento, o indivíduo disse que levaria a mercadoria até Medianeira/PR e receberia R$ 80,00 pelo transporte. A mercadoria foi retida e o condutor liberado.

Já na manhã de quinta-feira (3), um ônibus de linha, que seguia sentido Francisco Beltrão/PR, foi abordado pela fiscalização. Durante a inspeção foram encontrados no banheiro do veículo 730g de maconha e 40g de crack. Após averiguação, um rapaz assumiu a posse dos ilícitos. O mesmo estava sem nenhum documento de identificação, porém afirmou ter 17 anos. Em depoimento, o jovem alegou que a droga era para consumo próprio. Os entorpecentes e o menor foram encaminhados até a Delegacia da Polícia Civil em São Miguel do Iguaçu/PR.

A Operação
A Operação Muralha, desenvolvida na região de Foz do Iguaçu, iniciou sua primeira fase do ano em 30 de abril. As ações estão sendo desenvolvidas na barreira fixa montada próxima ao pedágio de São Miguel do Iguaçu/PR, com revezamento de equipes nas 24h do dia, e nas estradas vicinais, lago do reservatório de Itaipu e Rio Paraná com equipes volantes de prontidão.

Essa iniciativa está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalizações atuantes nas fronteiras, e como foco o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros.

Participam da Operação a Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Exército, Marinha, Aeronáutica, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Polícia Militar do Paraná, Polícia Civil e Departamento de Inteligência do Estado do Paraná - DIEP), Ministério Público Estadual e Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira (GGIFRON/PR).