Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2018 > Junho > Impressora 3D doada pela Receita Federal é usada no ensino de biologia na USP

Notícias

Impressora 3D doada pela Receita Federal é usada no ensino de biologia na USP

Institucional

Professor do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo está usando máquina para produzir modelos de células e tecidos
publicado: 29/06/2018 09h34 última modificação: 09/04/2019 11h10

A parceria da Universidade de São Paulo (USP) com a Receita é liderada pelo Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da USP, que formou uma comissão de professores para gerenciar as doações e sua distribuição às diversas unidades da Universidade.
A impressora 3D doada pela Receita Federal ao ICB é usada para produzir modelos de embriões, células e tecidos.
Reportagem, publicada no sítio da universidade, é acompanhado de um vídeo e nele a coordenadora da comissão ICB-Receita Federal, Claudimara Lotfi, conta que a parceria com a Receita Federal foi feita por meio de uma comissão de professores que ajudam no recebimento e na distribuição do material. "Tem muito material de informática, monitores, tablets, inclusive, iPhone e algumas coisas bastante inéditas, como, cabelo humano", diz.

Confira a notícia na íntegra:
O laboratório do professor Fábio Siviero se tornou uma espécie de oficina. As formigas, que são seu principal objeto de estudo, dividem o espaço com sprays, cola, tintas, espátulas e filamentos. Esses materiais são usados para a produção de modelos de embriões, células e tecidos por impressão 3D.
A ideia surgiu porque o acervo do Departamento de Biologia Celular e do Desenvolvimento, ao qual o professor é vinculado, tem várias peças danificadas, impedindo que os alunos possam manipulá-las e entender as estruturas. Além de produzir essas peças com materiais mais resistentes e com custo bem menor do que as peças antigas, Siviero também criou novos modelos. Por exemplo, o de uma célula de Purkinje, que integra nosso cérebro e é caracterizada por diversas ramificações.
Os modelos produzidos pelo professor Siviero estão disponíveis para download sob licença da Creative Commons.
Para criar as peças, Siviero utiliza dois modelos de impressora 3D. Uma delas foi adquirida por meio de um edital da Pró-Reitoria de Graduação da USP e a outra, doada pela Receita Federal.
Clique aqui para acessar a reportagem.