Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2018 > Fevereiro > Receita Federal registra crescimento de 19,1% na arrecadação de tributos de clubes de futebol no estado de São Paulo

Notícias

Receita Federal registra crescimento de 19,1% na arrecadação de tributos de clubes de futebol no estado de São Paulo

Fiscalização

Aumento da arrecadação junto aos principais times paulistas em 2017 supera incremento da arrecadação geral da Receita Federal. Resultado é devido a maior acompanhamento do comportamento tributário das entidades
publicado: 07/02/2018 10h45 última modificação: 09/04/2019 10h56

Um acompanhamento muito próximo e rigoroso feito pelos auditores-fiscais da Receita Federal junto aos principais clubes de futebol do estado de São Paulo fez com que a arrecadação tivesse um significativo incremento no ano de 2017.

Os maiores times paulistas recolheram, em 2016, um total de R$ 178 milhões em tributos aos cofres públicos. Em 2017, esse total chegou a R$ 212 milhões. O acréscimo de R$ 34 milhões corresponde a um incremento de 19,1% em relação ao ano anterior.

“O futebol movimenta valores bilionários e o Fisco vem acompanhando cada vez com maior rigor o comportamento dos clubes no aspecto tributário. Não é aceitável que os tributos devidos não sejam efetivamente pagos, e no prazo, prejudicando os próprios jogadores e funcionários dos times e toda a sociedade, que precisa e tem direito a esses recursos” diz o auditor-fiscal Fábio Kirzner Ejchel, superintendente adjunto da Receita Federal do Brasil no estado de São Paulo.

Os principais impostos e contribuições pagos pelos clubes são o imposto de renda (incluindo os valores retidos na fonte), as contribuições previdenciárias e o PIS.