Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2018 > Fevereiro > Alfândega de São Paulo apreende cocaína oculta em remessas postais

Notícias

Alfândega de São Paulo apreende cocaína oculta em remessas postais

Aduana

A droga estava camuflada no interior de pincéis para maquiagem, copos térmicos e suportes para quadros, que seriam exportados
publicado: 20/02/2018 10h00 última modificação: 09/04/2019 11h48

Na semana anterior ao Carnaval, três remessas postais com destino ao exterior foram interceptadas pela equipe de fiscalização do Serviço de Remessas Postais Expressas (Serpe) da Alfândega de São Paulo.

A primeira remessa, que foi identificada no dia 6 de fevereiro, continha cerca de 1,3 kg em pincéis para maquiagem, que estavam sendo exportados para a Tailândia. A cocaína foi encontrada no interior dos cabos dos pincéis.

No dia 7 de fevereiro foram interceptadas outras duas remessas postais. A primeira continha a droga oculta no interior de canecas térmicas que estavam sendo enviadas para a Austrália, e, na segunda, a droga estava oculta no interior de canos plásticos/suportes de quadros decorativos. Nesse último caso, a droga seria exportada para a Espanha.

O peso líquido das drogas apreendidas é verificado pela Polícia Federal, órgão responsável pela pesagem e pela continuidade do andamento do processo.

Ações