Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2017 > Junho > Receita rebate matéria equivocada do Correio Braziliense sobre apuração ética

Notícias

Receita rebate matéria equivocada do Correio Braziliense sobre apuração ética

Institucional

Nesta quinta, 22, a Receita Federal encaminhou carta ao jornal Correio Braziliense contendo esclarecimentos sobre matéria que tratou de maneira equivocada caso de apuração de conduta na Instituição, conforme preceitua a legislação.
publicado: 22/06/2017 17h13 última modificação: 05/04/2019 11h10

Leia aqui a íntegra da carta:

Em relação à matéria "Falta liberdade para investigar autoridades" (22/6), a Receita Federal esclarece que o caso, ao contrário do noticiado, não foi objeto de interpelação judicial. O ocorrido está sendo apurado pela Comissão de Ética Pública da Receita Federal, que já trabalhou em outros 80 similares nos últimos quatro anos, sempre de forma reservada. A Comissão atua na forma da lei, especificamente conforme o Decreto nº 6.029/2007, para apurar fato ou conduta em desacordo com as normas éticas e valores de respeito ao cidadão, integridade, lealdade com a instituição, legalidade, profissionalismo e transparência, em estrita obediência ao Código de Ética do Poder Executivo, aprovado pelo Decreto nº 1.171/1994, e também ao Código de Conduta dos Agentes Públicos em exercício na Receita Federal.

Leia aqui a reportagem do Correio Braziliense