Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2016 > Outubro > Receita apreende mais de 300 kg de cocaína em Navegantes/SC

Notícias

Receita apreende mais de 300 kg de cocaína em Navegantes/SC

Aduana

A droga estava oculta em carga que teria como destino a Itália
publicado: 14/10/2016 11h58 última modificação: 05/12/2016 11h30

Na última segunda-feira, 10/10, a Receita Federal apreendeu, no porto de Navegantes/SC, mais de 300 quilos de cocaína em carga com destino ao porto de Livorno, na Itália.

A carga foi impedida de embarcar e submetida a vistoria com escâner e cão de faro. A droga estava oculta em bobinas de aço, onde foram identificados e apreendidos 300 quilos de cocaína de alto grau de pureza. Trata-se de mais uma grande apreensão da Receita Federal com base em trabalho regular de análise de risco e monitoramento de cargas de exportação.

Quando as cargas chegam ao porto para embarque, a Receita Federal já dispõe de cruzamento de diversas informações sobre o exportador, o importador no exterior, o país de destino e o produto negociado. Nesse caso, o que chamou a atenção dos auditores-fiscais e da equipe de Análise de Risco foi o tipo de produto (duas bobinas de aço de 11 toneladas cada), o histórico de operações do importador (nunca havia comprado do Brasil), e o país de destino da carga (porto de Livorno).

O inspetor-chefe da Alfândega de Itajaí disse que os trabalhos da Receita Federal têm se intensificado e, como resultado, apenas no porto de Navegantes, já são duas grandes apreensões no ano de 2016. A primeira, de 811 kg de cocaína escondidos em carga de granito com destino à Espanha e, agora, outra grande apreensão de mais de 300 kg com destino à Itália.

Os responsáveis podem responder por tráfico internacional, com penas que variam de 5 a 15 anos de reclusão, e organização criminosa, com penas de 3 a 8 anos de reclusão. O nome da empresa não foi divulgado para não atrapalhar futuros trabalhos. A droga foi encaminhada à Polícia Federal, a quem compete a instauração de inquérito para apuração.