Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2016 > Março > Receita Federal participa de mais uma etapa da Operação Lava Jato
conteúdo

Notícias

Receita Federal participa de mais uma etapa da Operação Lava Jato

Fiscalização

Instituição já lançou R$ 1,4 bilhão em autuações fiscais desde o início de 2015
publicado: 04/03/2016 08h33, última modificação: 04/03/2016 10h27

Propriedade rural em Atibaia

A Receita Federal do Brasil, em conjunto com a Polícia Federal, participa nesta sexta-feira (4), de mais uma fase da Operação Lava Jato, promovendo o cumprimento de parte dos 33 mandados de busca e apreensão expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba.

A Receita Federal vem desde o final do 2013 apoiando as investigações da Polícia Federal e da Força-Tarefa do Ministério Público Federal no âmbito da denominada Operação Lava Jato, deflagrada inicialmente em 17/03/2014.

Esta 24ª fase da Operação envolve fatos relacionados pessoas físicas e empresas. Participam das ações mais de quarenta auditores-fiscais e analistas-tributários da RFB e cerca de trezentos policiais federais. Os mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos desde o início da madrugada em cidades dos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia.

Prestes a se completarem dois anos de fases ostensivas da Operação Lava Jato, a Receita Federal, por intermédio da Coordenação-Geral de Pesquisa e Investigação (Copei), já produziu e encaminhou à Justiça Federal e à Força-Tarefa do Ministério Público Federal mais de uma centena de relatórios de análise fiscal, os quais envolveram 289 pessoas físicas e 555 pessoas jurídicas.

Em relação a esses contribuintes investigados, já foram iniciadas pela RFB 484 ações fiscais desde o início de 2015, com lançamentos tributários já promovidos na ordem de R$ 1,4 bilhão, entre impostos, contribuições, multas e juros, dos quais cerca de 90% foram contra as principais empreiteiras envolvidas em ilícitos investigados na Operação Lava Jato.

Mais informações serão repassadas em coletiva à imprensa, na sede da Polícia Federal em Curitiba-PR, ainda na manhã desta sexta-feira.