Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2016 > Março > Operação Garimpo: Receita Federal apreende R$ 5 milhões em joias no Aeroporto de Guarulhos

Notícias

Operação Garimpo: Receita Federal apreende R$ 5 milhões em joias no Aeroporto de Guarulhos

Aduana

Em duas semanas, ocorreram 16 apreensões de pedras preciosas e artefatos de joalheria e um alerta para a Alfândega do Rio de Janeiro
publicado: 24/03/2016 15h52 última modificação: 24/03/2016 15h59

Entre os dias 7 e 20 de março, a equipe de fiscalização de bagagem acompanhada da Receita Federal no Aeroporto de Guarulhos realizou a Operação Garimpo, cujo objetivo foi combater o descaminho de pedras preciosas e artefatos de joalheria.

No total, foram 17 passageiros brasileiros flagrados tentando introduzir irregularmente mais de 1.150 peças de joias no país, tais como anéis, brincos, colares, braceletes, broches e pingentes. Foram apreendidos 1.438 gramas de pedras lapidadas e 10,8 quilos de bijuterias e semijoias com valor total estimado em, aproximadamente, R$ 5 milhões - ainda é necessário laudo pericial para comprovar esse valor. Os passageiros foram encaminhados para a Polícia Federal do aeroporto.

O caso mais relevante ocorreu no dia 15, numa operação conjunta entre as Alfândegas de Guarulhos e do Galeão. A equipe de Guarulhos enviou dados de viagem de um passageiro suspeito que iria desembarcar em São Paulo, mas mudou de destino para o Rio de Janeiro. Lá, a Alfândega do Galeão fiscalizou o viajante e encontrou aproximadamente 300 peças de joalheria, valoradas em R$ 400 mil.

Esse resultado expressivo foi possível devido a melhorias nas técnicas e nos sistemas de fiscalização de bens desta natureza e ao tratamento dessas informações na gestão de risco de viajantes e na comunicação entre alfândegas. Trata-se de estratégia que visa o mínimo de interferência ao viajante, focando-se em alvos previamente determinados e pinçados dentre os milhares de passageiros que desembarcam diariamente.