Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2016 > Maio > Receita Federal participa de mais uma etapa da Operação Lava Jato

Notícias

Receita Federal participa de mais uma etapa da Operação Lava Jato

Fiscalização

Investigado esquema de fornecimento de materiais para a Petrobras
publicado: 24/05/2016 08h53 última modificação: 26/08/2016 14h36

A Receita Federal, em apoio à Polícia Federal, participa nesta terça-feira, 24/5, de mais uma fase da Operação Lava Jato. São investigados repasses de vantagens indevidas feitos no Brasil e no exterior por empresas industriais fornecedoras da Petrobras de forma a obterem favorecimento em certames e contratações junto à estatal no âmbito da Gerência de Materiais da Diretoria de Serviços.

Estão sendo cumpridos conjuntamente mandados de busca e apreensão expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba em escritórios e residências de investigados relacionados às empresas fornecedoras de materiais e a operadores financeiros e intermediários dos valores ilícitos. As ações ocorrem simultaneamente nas cidades do Rio de Janeiro (RJ) e de São Paulo, São Caetano do Sul e Sumaré (SP).

Mais uma vez, a circulação de significativos valores indevidos é dissimulada por contratos ideologicamente falsos de prestação de serviços entre as empresas fornecedoras e empresas de operadores ou intermediários das vantagens indevidas, algumas de “fachada”, sem empregados e sem aparente capacidade operacional. Em decorrência de elementos trazidos anteriormente às investigações no âmbito da Operação Lava Jato, há comprovação de pagamentos irregulares também no exterior, por intermédio de várias offshores ligadas a empresas investigadas nesta 30ª fase.

Participam da operação conjunta 20 servidores da Receita Federal, que  vem apoiando desde o final de 2013 as investigações da Polícia Federal e da Força-Tarefa do Ministério Público Federal na Operação Lava Jato.

Representante da Receita Federal participará de coletiva à imprensa inicialmente prevista para às 10h da manhã desta terça-feira na sede da Polícia Federal em Curitiba/PR, quando mais informações serão repassadas pelos integrantes da Força-Tarefa.