conteúdo

Notícias

Operação Morfeu

Operação de Fiscalização

Receita Federal desarticula quadrilha especializada no comércio de colchões na Bahia
publicado: 16/12/2012 23h00, última modificação: 15/12/2014 16h02

A Receita Federal, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal (MPF) deflagraram na manhã do dia 13.12, em Salvador, a Operação Morfeu, com o objetivo de desarticular uma quadrilha que opera no comércio de colchões magnéticos.

Investigações da Receita Federal revelam que um grupo do ramo de colchões magnéticos utilizaria interpostas pessoas (laranjas) para ocultar os reais proprietários das empresas, blindando-os contra fiscalizações tributárias e representações criminais. Foram identificados indícios da prática de crimes de sonegação fiscal, fraude à execução fiscal, falsidade ideológica, formação de quadrilha e uso de documento falso, entre outros.

A 2ª Vara da Seção Judiciária do Estado da Bahia expediu 9 (nove) mandados de busca e apreensão. Participam da operação cerca de 30 agentes públicos, entre policiais federais e servidores da Receita Federal. O nome dado à operação vem da mitologia grega: Morfeu é o deus dos sonhos.