Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2008 > Junho > Receita Federal e Polícia Federal desarticulam quadrilha
conteúdo

Notícias

Receita Federal e Polícia Federal desarticulam quadrilha

Investigação

A organização criminosa internava divisas de forma ilegal
publicado: 20/06/2008 00h00, última modificação: 07/01/2015 12h09

A Receita Federal do Brasil, em conjunto com a Polícia Federal, desarticularam em Santa Catarina e São Paulo uma quadrilha especializada em crimes de estelionato, falsidade ideológica e ilícitos tipificados na Lei de Lavagem de Ativos.

Já estão sendo cumpridos 54 mandados de busca e apreensão, dos quais 45 em Santa Catarina e 9 no Estado de São Paulo, além de 24 mandados de prisão, dos quais 6 são preventivas e 18 temporárias. 

A organização criminosa internava divisas de forma ilegal, realizava operações cambiais ilegais (ex: dólar a cabo), ocultava bens, rendas e movimentações financeiras com o emprego de "laranjas", além de operações comerciais simuladas, com o uso de documentos ideologicamente falsos e fraudes a licitações. 

A quadrilha corrompia servidores públicos de todas as esferas e níveis para alcançar seus objetivos, principalmente nos Portos de São Francisco do Sul e de Itajaí, mediante pagamento de propinas. 

Existem indícios de fraudes em licitações promovidas pelo Porto de Itajaí/SC, como ajuste prévio de vencedora, afastamento irregular das demais concorrentes e superfaturamento dos serviços contratados. Os presos articularam-se também para praticar crimes contra o mercado imobiliário - compras de ações da empresa AGRENCO AS-, visando lucro indevido. 

Ascom/Assessoria de Imprensa