Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2008 > Fevereiro > Operação Gênese analisa dados de 28 mil empresas em São Paulo
conteúdo

Notícias

Operação Gênese analisa dados de 28 mil empresas em São Paulo

Operação de Fiscalização

Autuações podem chegar a R$ 1 bilhão
publicado: 20/02/2008 00h00, última modificação: 05/01/2015 14h03

A Receita Federal do Brasil deflagrou em São Paulo a Operação Gênese, que marcou a união das equipes de fiscalização no município das antigas Secretarias da Receita Federal e da Receita Previdenciária. Durante a apuração, a Receita pretende arrecadar R$ 1 bilhão com a constituição de créditos tributários. 

Trata-se da primeira megaoperação regional em cuja seleção de contribuintes foram confrontadas declarações disponíveis nos bancos de dados dos fiscos que deram origem à atual Receita. Ao todo, 200 servidores participaram da ação iniciada nesta terça-feira (19/2).

Dentre 28 mil contribuintes, que totalizam R$ 41,5 bilhões de massa salarial, foram selecionadas 400 empresas que apresentaram incompatibilidades entre os valores informados na Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ) e na Guia de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência (GFIP). 

A delegada de fiscalização da Receita em São Paulo, Roseli Abe, listou dez dos principais setores econômicos a serem fiscalizados, e destacou o setor de prestadores de serviço, que respondeu por mais de 60% dos contribuintes selecionados. 

Roseli Abe ressaltou que a sonegação de contribuições previdenciárias é lesiva ao orçamento da seguridade social. Ela informou que, além do pagamento de tributos recolhidos das folhas de pagamento com valores menores que os declarados, os responsáveis estarão sujeitos a responder penalmente pelos crimes de sonegação, fraude e apropriação indébita previdenciária.