Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2007 > Agosto > Carga tributária brasileira atingiu 34,23% do PIB em 2006

Notícias

Carga tributária brasileira atingiu 34,23% do PIB em 2006

Tributação

O cálculo da carga tributária segue a nova série do Sistema de Contas Nacionais, divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em março
publicado: 22/08/2007 00h00 última modificação: 14/01/2015 10h52

A carga de impostos no Brasil, somando-se as três esferas de governo, atingiu 34,23% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2006 – aumento de 0,85 ponto percentual em relação a 2005, quando o número alcançou 33,38%. O resultado completo da carga tributária no Brasil no ano passado foi divulgado nesta terça-feira (21/8) pelo Coordenador-Geral de Política Tributária, Ronaldo Lázaro Medina.

O cálculo da carga tributária segue a nova série do Sistema de Contas Nacionais, divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em março. O sistema alterou a metodologia de cálculo do PIB (Produto Interno Bruto), que passa a ter como base o ano de 2000 além de ter incorporado novas fontes de dados.

O tributo que teve a maior variação foi a contribuição previdenciária sobre a folha de pagamento, com aumento de 0,29% em relação ao PIB. De acordo com Medina, o aumento reflete o crescimento do mercado de trabalho e da massa salarial.

Resultado completo da carga tributária no Brasil em 2006

Assessoria de Imprensa da SRF