Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2004 > Novembro > Receita recebeu 40 milhões de declarações de Isento

Notícias

Receita recebeu 40 milhões de declarações de Isento

IRPF

O prazo termina dia 30 e, a exemplo de anos anteriores, não será prorrogado
publicado: 22/11/2004 23h00 última modificação: 17/03/2015 14h33

A Receita Federal recebeu até hoje (terça-feira) 40,6 milhões de declarações de Isento. O prazo termina dia 30 e, a exemplo de anos anteriores, não será prorrogado. São esperados cerca de 50 milhões de documentos.

A Declaração de Isento deve ser entregue por quem teve rendimento tributável de até R$ 12.696 em 2003. Quem deixar de declarar poderá ter o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física) suspenso a partir do ano que vem.

De acordo com o supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir, quase 10 milhões de contribuintes deixaram para entregar a declaração na última hora. "Esse atraso pode gerar problemas no momento de enviar a declaração, seja pela internet ou pelos demais meios disponíveis", alerta.

Segundo Adir, quem ainda não declarou deve procurar o meio mais rápido e menos congestionado para fazê-lo. "O contribuinte tem que estar ciente de que as dificuldades para declarar aumentam à medida que o prazo final vai chegando", observa o supervisor.

Por enquanto, o meio preferido das pessoas obrigadas a declarar tem sido as lotéricas, com 20,2 milhões de documentos recebidos. Depois aparece a internet com 16,8 milhões, e os Correios com 2,6 milhões. Os demais meios receberam 1 milhão de declarações.

Além da internet, lotéricas e Correios, a Declaração de Isento pode ser feita pelo telefone 0300-78-0300, no Banco do Brasil ou no Banco Popular do Brasil.