Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2004 > Junho > Paraguai conhece a experiência brasileira de combate à sonegação de cigarros

Notícias

Paraguai conhece a experiência brasileira de combate à sonegação de cigarros

Institucional

A Receita Federal vai ajudar o país vizinho a desenvolver ações de combate à evasão tributária junto às empresas fabricantes de cigarros lá instaladas
publicado: 16/06/2004 00h00 última modificação: 12/03/2015 17h18

O Governo Paraguaio está conhecendo a experiência brasileira no combate à sonegação na área de cigarros. A convite da Receita Federal, uma delegação chefiada pelo vice-ministro de Tributação do Paraguai, Andreas Neufeld, está em visita de três dias ao Brasil para conhecer o trabalho da fiscalização da Receita Federal sobre os cigarros, com também conhecer o setor produtor de cigarros do País.

A Receita Federal vai ajudar o país vizinho a desenvolver ações de combate à evasão tributária junto às empresas fabricantes de cigarros lá instaladas. Ontem, a delegação esteve com o Secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, e conheceu a legislação brasileira e os mecanismos de combate à sonegação no setor.

Hoje, Andreas Neufeld vai conhecer o sistema de produção de selos na Casa da Moeda, no Rio de Janeiro. Na quinta, a delegação paraguaia, acompanhada do Secretário da Receita Federal-Adjunto, Paulo Ricardo de Souza Cardoso, visitará uma fábrica de cigarros em Uberlândia, onde está funcionando, em caráter experimental, o sistema de controle e rastreamento da produção de cigarros, ferramenta que permitirá ao fisco controle instantâneo do volume produzido e comercializado por cada fábrica.