Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assessoria de Comunicação Institucional > 2002 > Agosto > Receita já recebeu 3,5 milhões de declarações de isento

Notícias

Receita já recebeu 3,5 milhões de declarações de isento

IRPF

A internet, com 2 milhões de documentos recebidos, tem sido o meio de entrega preferido dos contribuintes
publicado: 16/08/2002 00h00 última modificação: 18/03/2015 19h24

A Receita Federal recebeu até esta sexta-feira 3,5 milhões declarações de isento deste ano. O prazo de entrega foi aberto no dia 1º e vai até 29 de novembro. A internet, com 2 milhões de documentos recebidos, tem sido o meio de entrega preferido dos contribuintes.

Em seguida, aparecem as lotéricas, com 1,3 milhão de declarações recebidas em apenas uma semana, já que o prazo de entrega começou no dia 12. Nos demais meios, como telefone e Correios, o volume de documentos recebidos soma 200 mil.

A expectativa é que entre 43 milhões e 45 milhões de pessoas se declarem isentas do Imposto de Renda este ano. O documento deve ser apresentado por aqueles que no ano passado tiveram rendimentos tributáveis inferiores a R$ 10.800. A partir desse valor, a pessoa passa a ser obrigada a fazer a declaração de ajuste anual.

Quem deixa de entregar uma dessas declarações por dois anos seguidos tem o CPF (Cadastro de Pessoa Física) cancelado. A não-entrega por um ano leva a Receita a suspender a inscrição no cadastro.

A declaração de isento foi criada em 1998 como forma de sanear e manter atualizado o cadastro do CPF, hoje com 133,2 milhões de documentos. Desse total, 75,7 milhões estão com a situação regular. Até agora, foram cancelados 38,3 milhões de CPFs. Outros 19,1 milhões estão suspensos e podem ser cancelados caso seus donos não apresentem declaração este ano.